Na praia em feriado

Hoje é domingo, feriadão de ano estendido ao máximo, assim temos que aproveitar. A praia é o destino de muita gente, que vem chegando como formigas em busca de um bolo, seguindo uma direção, um objetivo, com passos de um bêbado para as laterais. E vem chegando mais gente com uma pessoa em especial atrás, ele carrega uma grande caixa térmica, pesada, os outros escolhem aonde ele deve colocar o objeto. Parece um criado. Parece cansado, também magro, sem músculos desenvolvidos, carregar aquilo parece realmente um favor, penoso, pra amigos, ou quem sabe parentes. Merece um descanso, isto é, uma recompensa cai no mar de braços abertos, molha-se e retorna na hora e entornar uma latinha, duas latas, três latões de promoção de supermercado. Um bom lugar pra ficar bêbado, apreciando a brisa do mar, vendo as ondas. Retorna ao mar, pois resfriar o corpo somente tomando cerveja não funciona. A água bate no peito, sensação agradável andar na areia sem o impacto, ser amortecido pela própria água salgada. Vai tentar flutuar, mas acontece algo, seu corpo naturalmente deitar-se e para o seu conforto um cobertor feito de uma onda deliciosa o cobre. Instintos agem, tentam colocar o corpo na posição respirável, pois ele está afundando; a sua mente está entorpecida com agradabilíssimas fantasias de controle de equilíbrio (sem saber pra que lado é a superfície) e respiração calma (sua boca engole água, enquanto acha que ela está fechada), não percebe que debate-se. Ninguém vê mais aquele primo ou ajudante. A correnteza é forte. No outro dia é encontrado um corpo de homem de não mais de 25 anos que bebeu e entrou no mar sendo mais um exemplo de autoconfiança e praia não combinam.

2 comentários:

  1. Gostei do textos. Infelizmente acontece algumas coisas assim mesmo ;/

    ResponderExcluir
  2. Me impressionei com sua escrita e realidade na imaginação. Continue assim, mto bom trabalho oO

    ResponderExcluir

Se você não escreve, não sei sobre você, escreva!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...